GOOGLE ANALYTICS: O QUE É, COMO INSTALAR E ANALISAR AS PRINCIPAIS MÉTRICAS

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on email
Share on telegram
Share on linkedin
Share on twitter
Share on tumblr

Você sabe o que é o Google Analytics? 

Antes de falar sobre a ferramenta, preciso dizer que eu sou uma pessoa completamente apaixonada por métricas. E por um simples fato: aquilo que eu não posso mensurar, eu não tenho como melhorar. E quando se trata das vendas da nossa empresa, mensurar é imprescindível, certo? 

O Google Analytics é o que permite essa análise de resultados. E, quando falamos dessa plataforma, precisamos falar também sobre um ponto muito importante para o contexto da ferramenta: métricas. Mas o que elas significam para o dia a dia da sua empresa? 

A análise de métricas significa entender o que está acontecendo com as ações geradas e executadas dentro do seu negócio; significa ter informações para tomar decisões corretas. 

Por exemplo, se eu investir R$50 mil em campanhas no Google Ads, vou querer saber se ela trouxe algum retorno ou resultado para a minha empresa, certo? Para isso, terei que analisar as métricas relacionadas a essas campanhas. Assim, saberei se posso continuar investindo no Google Ads ou se joguei R$50 mil no lixo. 

Quando falamos sobre o Google Analytics, estamos basicamente falando de uma ferramenta gratuita do Google que reúne essas métricas de forma prática para a visualização do que está dando certo ou não dentro das suas estratégias de Marketing.

E não estou falando apenas de métricas sobre conversões, campanhas e dados sobre o seu domínio ou site. Estou falando também de dados sobre os seus usuários, como informações demográficas e comportamento da sua audiência dentro do seu site.

Acompanhe este artigo para conhecer melhor essa ferramenta tão útil na estratégia de Marketing Digital. Aprenda o que é, para que serve e como usar o Google Analytics para potencializar o monitoramento das suas ações de Marketing. Vamos lá? 

O QUE É O GOOGLE ANALYTICS?

O Google Analytics é uma ferramenta — criada pelo próprio Google — que permite a coleta de dados de seus sites, blogs, redes sociais, enfim, das suas páginas no geral, assim como os dados relacionados à eficiência das suas estratégias de Marketing. Ela é gratuita e pode ser utilizada a partir de uma conta do Google.

Todo o processo de coleta de dados de usuários no Google Analytics é feito a partir da instalação de um código nas páginas do seu site, chamado pixel de rastreamento. Esses dados geram relatórios diversos que podem ser acessados dentro da plataforma.

Através do Google Analytics é possível acompanhar bem de perto o volume de visitas recebidas em um site, o comportamento dos usuários e potenciais clientes, além de descobrir muito sobre seu público-alvo. Você também consegue detectar quais dos seus conteúdos são relevantes. Com tais informações, é possível medir suas ações para o melhor desenvolvimento das suas estratégias.

Veja alguns dados que podem ser acessados via Analytics:

  • Número de visitas em uma URL;
  • A quantidade de vezes que o nome do seu site foi procurado;
  • O que o visitante fez na sua página;
  • Entre outras funções que o Analytics disponibiliza para você entender o comportamento dos seus usuários.

Para quem anuncia no Google Ads, o Analytics é uma plataforma super importante para a criação de campanhas e anúncios mais assertivos. Afinal, com ele, você poderá obter relatórios variados e ricos em informações sobre segmentações. Desta forma, fica muito mais fácil visualizar o que chama atenção dos potenciais clientes, o que está funcionando e o que não está.

A plataforma permite que você tenha análises detalhadas das suas diferentes páginas — caso você tenha mais que uma — através da inclusão das mesmas no item “Propriedade”. Confira o tópico abaixo para entender melhor.

PROPRIEDADE E VISTA DE PROPRIEDADE NO GOOGLE ANALYTICS

Para utilizar os recursos da ferramenta, é necessário que você possua uma conta Google. Após a conta criada, você precisa definir suas propriedades. O que isso quer dizer exatamente? A propriedade nada mais é do que a página ou aplicativo que você deseja mensurar. 

E o mais interessante é que você pode ter mais de uma propriedade — caso você tenha mais de um site. Na realidade, você pode incluir até 50 propriedades distintas. Deixa eu te explicar um pouquinho melhor.

No meu caso, por exemplo, eu tenho inúmeras páginas diferentes: um site com cursos gratuitos, este blog, o site do Máquina de Trafégo e Conversão, meu treinamento sobre Google Ads, e por aí vai. O Google Analytics possibilita uma análise individual de cada um desses canais. Basta criar propriedades diferentes dentro da mesma conta, é simples.

A vantagem disto é que você pode entender, através dessas análises individuais de cada canal, qual deles está performando melhor.

Após a inclusão da propriedade — site ou aplicativo que você deseja mensurar —, é hora de olhar os dados. Para obter essas estatísticas utiliza-se a vista da propriedade.

É onde você encontra os dados padrões chamados de “todos os dados do website”. É com ele que temos acesso a informações como:

  • Número de visitas nas suas páginas;
  • Quais foram as páginas mais acessadas;
  • De que forma seus usuários chegaram até sua página;
  • Entre outros.

Enfim, esses são só alguns exemplos, mas na ‘Vista de propriedade’ você coleta todas as métricas que o Google Analytics oferece. Tirando essas estatísticas padrões, a plataforma também permite a criação de até 25 vistas personalizáveis, dependendo da sua necessidade.

QUAL A IMPORTÂNCIA DO GOOGLE ANALYTICS? 

Mas para que serve, afinal, o Google Analytics? Qual é a importância dessa ferramenta para o seu negócio? 

Se você é o gerente de Marketing de uma empresa, por exemplo, precisa se preocupar com as métricas de vendas, certo? Também precisa se preocupar com a quantidade de leads que o seu departamento está gerando, com o custo de aquisição de clientes e por aí vai. 

Toda empresa, independente do seu porte, sempre busca entregar os melhores produtos e serviços. Isso simplesmente não é possível se você não souber analisar dados. Não basta apenas desenvolver ótimas soluções, é necessário que você saiba interpretar as informações que recebe.

É preciso extrair o máximo de informações para te guiar nas suas tomadas de decisão.

E é exatamente por este motivo que o Google Analytics é tão fundamental para o crescimento de qualquer empresa que esteja na internet. É utilizando a ferramenta que você consegue comparar o desempenho das suas campanhas de Marketing, reduzir os seus erros e traçar estratégias mais assertivas.

Esta ferramenta te permite acompanhar praticamente todos os aspectos do comportamento do seu usuário e do desempenho das suas páginas, mostrando aquilo que está funcionando bem e, mais importante, o que não está.

Entenda, é preciso saber o que deu certo ou o que deu errado para conseguir medir as próximas ações a serem tomadas. São esses conjuntos de análises e números que podem fazer a sua empresa crescer.

QUAIS DADOS O GOOGLE ANALYTICS PODE ME FORNECER?

A plataforma fornece inúmeras informações e métricas relevantes, vou citar abaixo alguns dados importantes que você pode obter das suas análises:

1. Número de usuários que visitam o seu site

Quantas visitas a sua página recebeu. Esse é o número de pessoas que entraram no seu site, independentemente de quantas vezes elas o acessaram. 

2. Informações sobre o público-alvo

Aqui você entende quem são as pessoas que entram nas suas páginas: localidade dos acessos, tecnologia usada para acessar – seja um desktop, tablet, celular –, comportamento em relação ao tempo gasto no site, horário de mais acesso e etc. Basicamente mostra informações demográficas e o tipo de conteúdo que engaja mais.

3. Como a sua audiência chega até o seu site

Esta análise é muito importante, com ela você consegue visualizar quais campanhas – seja em anúncios do Google, em redes sociais, email marketing – estão sendo eficazes, já que os usuários estão clicando nelas e indo para o seu site. Além disso, você consegue ter um termômetro de como estão as suas buscas orgânicas.

4. Páginas mais visitadas

Apesar de ser uma informação simples, ela é bem importante também. A partir dela, você consegue saber quais são as páginas que as pessoas mais visualizam no seu domínio; desta forma, você entende quais são os conteúdos mais relevantes para os visitantes e pode traçar uma estratégia para produzir ainda mais artigos sobre esses temas, por exemplo.

5. Quais os interesses do seu visitante

Com esta análise, você conhece os hobbies, gostos e hábitos do seu público. Esses relatórios fornecem ainda mais detalhes sobre quem está acessando suas páginas e o que estão procurando nela.

6. Análise de palavras-chave

Esse relatório lista as suas palavras-chave mais populares, ou seja, as que geram mais procura e cliques para as suas páginas.
Esses são só alguns dos dados que a plataforma pode oferecer. O Google Analytics é fundamental para você identificar quais estratégias estão dando certo ou não. Assim, é possível que suas ações futuras sejam mais assertivas e eficientes.

MÉTRICAS DO GOOGLE ANALYTICS

Acima, você entendeu que tipo de informação é possível analisar e filtrar dentro do Google Analytics. A seguir, vai entender quais métricas deve olhar na ferramenta para obter esses dados. 

Como já vimos, o Google Analytics apresenta uma série de informações sobre o seu usuário. Você precisa identificar quais são as principais para o seu negócio.

Algumas métricas são essenciais, pois elas norteiam suas tomadas de decisão. São elas que te mostram se está indo para o caminho certo ou errado. E engana-se quem pensa que é necessário visualizar todas as métricas possíveis. Normalmente, você precisa apenas de uma a três para entender se suas ações estão tendo resultados.

Vou deixar aqui um questionamento importante: se você pudesse olhar somente para uma métrica para ser o termômetro dos seus resultados, qual você escolheria? 

As métricas mais simples que você precisa saber são as seguintes: quantidade de vendas e lucro. Pelo menos essas duas você precisa olhar. Se não souber o quanto está vendendo e o quanto está lucrando, você não tem praticamente nenhum controle do que acontece.

Pode ser que você pense que essa métrica principal é igual para todos e isso não é verdade, cada caso é um caso. Talvez para o seu negócio, o principal seja olhar para o volume de vendas. Talvez possa ser a margem de lucro. Ou quem sabe a quantidade de leads que você gera, e assim por diante.

Por exemplo, na análise de resultados da minha Mentoria, as métricas mais relevantes para mim são: quantas aplicações eu recebo e quantas delas viram realmente clientes. Além disso, eu preciso saber também qual o valor máximo que eu posso gastar para atrair o meu público-alvo, para que eu não fique no prejuízo depois.

Ao terminar esse artigo, se você conseguir definir entre uma a três métricas principais, já vai ser um grande passo.

Principais métricas no Google Analytics

  • Visitas (ou Tráfego ou Sessões): essa métrica informa quantas pessoas visitaram seu site dentro de um período definido;
  • Visitantes Únicos (ou Usuários): nada mais é do que a quantidade de pessoas que visitaram o seu site, contados de forma independente da quantidade de vezes que ela acessou. Por exemplo: se um visitante acessar o seu site três vezes durante o dia, o Analytics irá computar um visitante e três visitas.
  • Novos Usuários: como o próprio nome já diz, essa métrica apresenta a quantidade de novos usuários que acessaram a sua página pela primeira vez em um determinado período; 
  • Visualizações de Página (ou “PageViews”): aqui você consegue saber quantas páginas do seu site foram vistas em um determinado período de tempo;
  • Taxa de Rejeição (ou “Bounce Rate”): essa métrica mostra a quantidade de pessoas que acessam apenas uma das páginas do domínio e abandonam o site sem interagir com outras páginas do seu site;  
  • Origens do Tráfego: com essa métrica você consegue visualizar de onde veio o seu usuário: a partir de um anúncio, redes sociais, se o domínio foi digitado diretamente na barra de URL, se foi a partir de uma busca no Google etc.

Lembre-se de sempre questionar: quais são os dados e métricas que o seu negócio precisa ter? Como eles podem te ajudar nas tomadas de decisões?

Focar em métricas que não contribuem para sua empresa não é útil. Não recomendo, de jeito nenhum, investir em novas ações ou soluções sem considerar uma análise. Você precisa entender como esses relatórios podem te trazer bons resultados.

COMO CONFIGURAR O GOOGLE ANALYTICS

  • 1º passo: você precisa ter uma conta no Google.
  • 2º passo: acesse a página do Google Analytics e faça login com a sua conta Google.
  • 3º passo: com acesso ao Google Analytics, no canto inferior esquerdo, você verá a guia “Administrador”; clique nela.
  • Clique no botão “Crie sua conta”.

Você deverá preencher o seguinte formulário de acordo com as informações da sua empresa:

Nome da conta: deverá preencher com o nome da sua marca;

Nome do website: preencha com o nome da sua loja;

URL do website: coloque o endereço virtual da página que deseja mensurar;

Categoria do setor: selecione a categoria que melhor representa a sua área de atuação;

Fuso horário dos relatórios: escolha o país que mora e o fuso horário da cidade que reside.

google analytics

Após este preenchimento, vá até o final na página e clique em “Obter ID de acompanhamento”. Selecione novamente o país, aceite os termos e condições e prossiga. Pronto, sua conta foi criada e você já possui um ID de acompanhamento.

google analytics

Para que o Google Analytics possa ter acesso às informações, é necessário fazer a integração com o seu site. Vamos para o passo a passo.

Integração do site com o Google Analytics

  • Acesso o painel da sua página;
  • No painel, você pode encontrar abas como “Soluções”, “Aplicativos” ou “Plugins”, clique nele – de acordo com a sua plataforma – procure por “Google Analytics” e instale. Dependendo da plataforma em que seu site foi criado, ele irá solicitar o número de ID logo de cara, ou, como no caso do WordPress, você precisará encontrar o campo para incluir o ID. Dependendo do plug-in instalado, você encontrará em “Configurações” ou “Plugins”, e aí basta preencher com o número solicitado e salvar;
    Observação: caso você precise encontrar novamente esse número, acesse o seu Google Analytics, entre na guia “Administrador” na lateral esquerda e selecione “Configurações da propriedade”;
  • Após preencher com o ID de acompanhamento do aplicativo instalado no site, sua página já estará integrada ao Google Analytics e pronta para começar a coletar os dados dos usuários.

Como a plataforma WordPress é a mais comum e mais utilizada, vou deixar aqui duas indicações de plugins e as coordenadas para instalação.

Insert Headers and Footers

  • No painel do WordPress, vá em “Plugins” e clique em “Adicionar novo”;
  • Instale o “Insert Headers and Footers”;
  • Após instalá-lo, vá novamente em “Plugins” e clique em “Plugins instalados”;
  • Selecione o “Insert Headers and Footers” e clique em “Ativar plugin”;
  • Insira o código de acompanhamento.

Google Analyticator

  • Instale o Plug-in e ative-o (conforme instalação no exemplo anterior);
  • Clique para conectar no Google Analytics e fazer login;
  • Copie e cole o seu código de autenticação do Google Analytics (ou o seu ID de acompanhamento;
  • Escolha a conta do Analytics que deseja acompanhar;
  • Permita que o Google faça login.

Agora você já está liberado para usar o Google Analytics e fazer análises para obter melhores resultados nas suas páginas.

GOOGLE ANALYTICS E GOOGLE ADS

O Google Analytics também pode ser usado para otimizar suas campanhas de Google Ads.

A plataforma é uma mina de ouro de informações. Você pode utilizá-las para entender o comportamento do seu público e também para melhorar suas campanhas e performances do Google Ads.

E qual o grande impacto do Google Analytics para o Google Ads? Se você conseguir mensurar e entender bem o perfil do seu usuário, isso fará com que seus anúncios sejam bem direcionados e muito mais assertivos.

É com as análises do Google Analytics que você conseguirá segmentar melhor o seu público, aparecer para quem realmente está interessado em comprar o seu produto ou serviço, ou seja, você poderá vender mais e gastar menos.

Para o Google Ads, esse sistema de monitoramento funciona como uma verdadeira ferramenta para tomada de decisões gerenciais. Ela praticamente mensura tudo que você precisa saber para criar campanhas e gerar resultados positivos.

A grande vantagem do Marketing online sobre o Marketing offline (convencional) é o fato de que, no primeiro, é possível mensurar exatamente o resultado da campanha e visualizar qual foi o retorno que ela trouxe, em termos de faturamento ou qualquer outro critério de conversão que seja estabelecido.

É possível saber, através do Google Analytics, quais ações de Marketing Digital estão proporcionando os melhores resultados, além de saber exatamente o valor desse retorno. Esses dados dá ao Google Ads subsídios para decidir quais são os canais e conteúdos de maior potencial de conversão.

Para conseguir uma boa performance entre Google Analytics e Google Ads, você precisa ter metas definidas. Continue acompanhando para entender melhor sobre isso.

Metas no Google Analytics

Antes de você conseguir olhar para os seus dados e identificar quais informações são relevantes, você precisa definir suas metas. Ou seja, o objetivo que quer atingir com suas campanhas e anúncios. Sem elas, você fica cego nas tomadas de decisões.

Pode ser que sua meta seja vendas. Pode ser a coleta de e-mails para uma estratégia de e-mail marketing. Pode ser o preenchimento de um formulário. Pergunte-se: o que você quer obter com esse anúncio? Basicamente é esse o seu objetivo.

Vamos exemplificar: eu crio uma campanha para vender mais cursos pagos. Então o meu objetivo aqui é vender. Como eu vou saber se essa campanha está trazendo os resultados que eu desejo? Com os relatórios do Google Analytics.

Digamos que eu identifiquei nas análises que a campanha não está performando de forma positiva. Então eu sei que algo não está correto: pode ser a definição do público, podem ser as palavras-chave, pode ser a segmentação demográfica etc. Com o Google Analytics eu consigo ter um norte de onde está o erro e, desta forma, posso corrigi-lo.

Para quem anuncia no Google, o Google Analytics funciona como um verdadeiro termômetro de resultados. Através das informações que ele proporciona, é possível analisar o desempenho das suas ações.

APROFUNDE SEUS ESTUDOS EM GOOGLE ANALYTICS

Após conhecer um pouco mais sobre essa ferramenta tão importante para o Marketing Digital, acredito que você compreendeu que é preciso muito estudo e dedicação para realmente dominá-la e fazer com que ela traga bons frutos.

Para te ajudar a se aprofundar ainda mais nos estudos dessa plataforma, recomendo o Curso Gratuito de Google Analytics que está no meu canal do YouTube. Com ele você terá acesso a direcionamentos e estratégias de como usar a ferramenta em prol da sua empresa.

Se você desejar conhecimentos ainda mais avançados sobre o Analytics, conheça o Máquina de Tráfego e Conversão. Neste treinamento completo sobre Google Ads, existe um módulo único e exclusivamente dedicado ao Google Analytics, com conteúdo extenso e prático sobre a plataforma.

CERTIFICADO EM GOOGLE ANALYTICS

Se você deseja se tornar um expert em Google Analytics e ser reconhecido como tal, uma opção é obter o Certificado Google em Google Analytics. 

O certificado nada mais é que uma avaliação que o Google submete para testar seus conhecimentos e habilidades com a ferramenta. Caso você seja aprovado, o certificado é uma forma de comprovar a sua capacidade e eficiência com a plataforma. A certificação é uma excelente maneira de se destacar no mercado.

O exame – chamado Google Analytics Individual Qualification – é totalmente gratuito e oferecido pelo próprio Google. A prova possui 70 perguntas e o tempo limite para finalizar o questionário são 90 minutos. Para ser aprovado, você precisa acertar pelo menos 80% das questões.

Depois de aprovado, para manter a certificação, você terá que se submeter a uma nova prova a cada 12 meses.

Uma vez certificado, você terá inúmeros benefícios, como: suporte a questões técnicas, materiais exclusivos e contato com comunidade de Analytics do Google. Além de ser um enorme diferencial entre você e outros profissionais sem certificação.

Veja aqui mais informações sobre a certificação.

CONCLUSÃO

Após a leitura deste artigo, espero que você tenha compreendido o quão essencial é a ferramenta Google Analytics para toda e qualquer tomada de decisão estratégia na sua empresa. Entenda que a plataforma não aponta onde está o erro diretamente, ela apresenta diversas informações sobre o seu usuário, e com isso, você poderá interpretar essas métricas e otimizar suas campanhas de Marketing.

Por essa razão, afirmo que tão importante quanto ter a ferramenta instalada nos seus canais, é você estudar como interpretar, da melhor forma, todos os relatórios que terá acesso e definir suas principais metas. É através da eficácia dessa leitura que poderá realmente mudar o rumo dos seus resultados.

Você quer vender mais na internet? Então você tem que ter o controle das suas ações, mensurar e estudar suas métricas. Não dá mais para se apoiar em achismos, você precisa de números.

Espero que este artigo tenha acrescentado algo nos seus conhecimentos sobre a ferramenta e ajudado com suas dúvidas.

Ao término deste texto, se você tem uma página na web e ainda não utiliza das vantagens do Analytics, corra lá e instale para iniciar suas análises.

Ficou com alguma dúvida? Deixe seu comentário logo abaixo, ficarei feliz em esclarecê-la. Até a próxima.

Adriano Gianini

Adriano Gianini

Adriano Gianini é um dos Maiores Especialistas e Produtores de Conteúdo sobre Google Ads no Brasil. Seu canal do YouTube oferece conteúdos gratuitos que têm ajudado milhares de pessoas a anunciarem no Google de forma inteligente. Acredita que Marketing é uma construção e que, por isso, toda empresa bem direcionada pode traçar uma estratégia de vendas campeã no Google.

Aprofunde seu conhecimento com os artigos abaixo:

3 respostas para “GOOGLE ANALYTICS: O QUE É, COMO INSTALAR E ANALISAR AS PRINCIPAIS MÉTRICAS”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Mensagem enviada com sucesso!

Logo retornaremos o seu contato.