De maneira bem resumida e simples de se entender, o AdWords funciona como uma mídia paga tradicional, onde as pessoas pagam para aparecer (anunciar). Simples assim? Claro, e você só paga depois que suas campanhas começarem a impactar seu público. Exceto em contas pré-pagas, onde adiciona-se créditos antes (via boleto), mas o crédito só será debitado após os clientes serem impactados de toda forma.

ONDE EU VEJO ESSES ANÚNCIOS?

Sempre que você faz uma busca no Google, diversos resultados aparecem para você, certo? Dentre esses resultados, os primeiros e os últimos são pagos. Você verá uma espécie de flag com a palavra anúncio, veja:

resultados do google

Nos resultados pagos você sempre verá a palavra anúncio. Ou seja, sempre que essa palavra aparece, significa que é um anunciante do AdWords que pagou para aparecer.

MAS COMO SABEREI QUEM SÃO MEUS CLIENTES E QUE ESTÃO INTERESSADOS NO MEU PRODUTO?

Você certamente já fez alguma pesquisa no Google por alguma coisa, estou certo? Seja para procurar por um conteúdo, querendo aprender, seja para procurar por produtos, querendo comprar.

Para que entenda facilmente, vamos analisar duas buscas diferentes e seus resultados.

busca-iphone

O usuário pesquisou por:

  • iPhone 7 – sabe exatamente o celular que quer;
  • Preço – isto indica que tem uma intenção clara de compra.

Percebeu? A rede de pesquisa (mais conhecida como o próprio buscador do Google) é a rede mais fácil de entender se um usuário está interessado em seu produto ou não. Agora reflita: faria sentido exibir um anúncio sobre câmeras digitais para essa busca? Claro que não. Por que não? Porque não tem relevância com o que o usuário pesquisou. Logo, perceba que a pesquisa (palavras-chave utilizadas nela) demonstra o interesse do possível cliente.

Agora vamos analisar a segunda pesquisa:

busca-smartphone

Vamos analisar as palavras-chave usadas na pesquisa:

  • qual melhor – indica claramente uma pessoa em busca de análises e comparativos entre itens (no caso smartphone);
  • smartphone – o item que ele procura qual é o melhor.

ENTENDENDO AS DIFERENÇAS ENTRE AS BUSCAS

Qual a diferença entre as duas buscas? A primeira indica de maneira explícita que o usuário possui um interesse em comprar. Não significa que todos que procurarem por iphone 7 preço vão clicar e comprar, mas já estão bem avançados em seu processo decisório. Diferente do segundo, que ainda está buscando entender qual o melhor smartphone, para depois pesquisar preços e ver se está em seu orçamento.

Neste caso, no segundo exemplo, talvez as campanhas não tragam resultados de venda a curto prazo. Tanto que você já vê resultados/anúncios mais institucionais do que focando em um produto específico.

Na prática é uma questão de análise e testes. Vou lhe explicar como um profissional AdWords analisa essa situação.

  1. Esta palavra indica um interesse real do cliente em comprar o produto?
  2. Se sim, qual produto?
  3. Entendido o produto, eu crio um anúncio para ele.

Entretanto, o que vai dizer se meu feeling estava certo são os resultados da campanha. Às vezes achamos que vai vender, mas não vende. O usuário estava em início de pesquisa sobre qual smartphone comprar, mas não queria comprar ainda. Assim como o contrário também acontece.

VEJA TAMBÉM: É MELHOR ANUNCIAR NO GOOGLE ADWORDS OU NO FACEBOOK?

QUAL LIÇÃO TIRAMOS DISSO?

Não sei se você percebeu, mas isso não tem a ver somente com o AdWords, mas com o comportamento do seu consumidor. Como um potencial cliente para o seu produto ou serviço pesquisaria? Liste em um papel quais palavras ou frases seus clientes usariam para buscar por seu produto ou serviço. Quando encontrar as melhores é a hora de começar a criar anúncios. E tudo bem se encontrar várias, o AdWords permite criar vários tipos de anúncios para interesses diferentes, mas isso fica para outro post.

PENSANDO EM RESULTADOS

Rede de Pesquisa do Google é a melhor rede para quem quer vender e já ter resultados rápidos, pois é uma rede proativa onde as pessoas estão literalmente buscando por algo (informação, produto, serviço). É como oferecer água para quem está com sede.

Entretanto, há pessoas que não estão no Google procurando por você, mas podem comprar de você. Nem todo mundo que não faz buscas, significa que não vai comprar. E como impactamos essas pessoas?

O Google AdWords não exibe anúncios apenas na rede de pesquisa, mas em vários outros canais. Veja um resumo de cada um deles:

  1. Rede de Display – abrange todos os sites parceiros do Google. São sites que permitem que o Google mostre anúncios dos seus anunciantes. Aqui é possível exibir anúncios de texto e imagens;
  2. Youtube – abrange a pesquisa de vídeos do Youtube, anúncios antes dos vídeos começarem e vídeos sugeridos;
  3. Apps – abrange aplicativos que permitem os anúncios do Google;
  4. E alguns outros lugares.

Entretanto, na rede de display temos uma rede reativa, ou seja, seus usuários não estão procurando por você. Estão navegando, lendo uma matéria, e serão interrompidos por seu anúncio. Logo, você disputará atenção com dezenas de elementos em uma página. Por isso que você encontra, com frequência, anúncios com chamadas e cores gritantes.

MAS COMO SABEREI EM QUE SITE ANUNCIAR?

Você compraria um smartphone (ou já comprou)? Bem provável que sim. Quais sites você frequentemente navega? Ahh, vários. Será que outras pessoas, que também compraram smartphones, também podem navegar nesses sites? Claro, concorda? Então faz sentido anunciar em sites assim.

Há diversos tipos de segmentações que nos permitem escolher, com mais inteligência, em quais sites anunciar. Falarei mais sobre isso em um post sobre segmentações da rede de display.

Como você percebeu, o Google AdWords possui uma série de vantagens e possibilidades para impactar seu público e ainda de diferentes formas, em diferentes redes. Muito poder para alcançar novos clientes e reforçar a presença da sua marca. Espero que tenha entendido um pouco mais sobre como funciona o Google AdWords. Não esqueça de deixar seu comentário falando o que achou e também suas dúvidas, ok?

Um abraço, nos vemos no próximo post.
Adriano Gianini


Adriano Gianini
Adriano Gianini

Adriano Gianini é Consultor, Professor, Palestrante e Especialista em Marketing Digital há 10 anos. É também especialista em Tráfego e Conversão, Google Ads, Facebook Ads, InBound Marketing, Métricas, BI e Negócios. Formado em Web Design e Programação e Pós Graduado em Comunicação Digital, Web Jornalismo e Novas Mídias, possui todas as certificações Google em Google Ads e Google Analytics. Como consultor atende empresas de médio e pequeno porte, no Brasil e nos EUA, reduzindo o custo de aquisição e escalando os resultados em contas com grandes investimentos em tráfego.

Leave a Reply

Your email address will not be published.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.