COMO IMPACTAR UM PÚBLICO-ALVO ESPECÍFICO NO GOOGLE ADS?

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no email
Compartilhar no telegram
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no tumblr

Como impactar um público-alvo no Google Ads que realmente tem interesse em comprar de você?

Essa resposta é uma necessidade básica de quem começa a investir em compra de tráfego pago no Google. Saber direcionar a sua publicidade para um público específico, um público que tem real interesse no seu produto ou serviço, é essencial para obter melhores resultados e conversões.

Muitas pessoas acreditam que impactar a maior quantidade de pessoas é a estratégia ideal, mas isso é um pensamento equivocado. Uma campanha eficiente tem que ser direcionada ao perfil certo, àquele potencial comprador.

Por exemplo, digamos que você venda produtos odontológicos. Quem seriam seus potenciais clientes? Os dentistas. Então é exatamente para eles que os seus anúncios precisam ser direcionados. O que adianta um mecânico visualizar a sua campanha? Nada. Além de não comprar os seus produtos, você ainda gastará com aquele clique e desperdiçará dinheiro.

Esse direcionamento é possível através da segmentação de público-alvo. Pode parecer complexo, mas é algo muito simples. O desafio maior, na verdade, é entender quem, de fato, é o seu público-alvo no Google Ads.

O QUE É PÚBLICO-ALVO?

Público-alvo é um grupo de pessoas com características semelhantes que possuem interesse em comprar o que você oferece.  Ou seja, é para esse público que as ações de marketing e vendas serão direcionadas. Portanto, defini-lo deve ser uma das primeiras etapas antes de iniciar suas campanhas.

Afinal, quais são as principais características que devem ser consideradas para definir o público? São necessários dados demográficos, socioeconômicos e comportamentais.

Veja, abaixo, as principais informações que você deve analisar para definir o seu público-alvo:

  • Idade: qual a média da idade dos seus clientes?
  • Gênero: quem compra mais, homens ou mulheres?
  • Localização: em qual a região ele está? Cidade, estado.
  • Formação: qual o grau de escolaridade? Ensino superior, fundamental?
  • Profissão: com o que ele trabalha?
  • Poder aquisitivo: em média, quanto ele ganha?
  • Estado civil: é solteiro ou casado?
  • Hábitos de consumo: o que ele costuma comprar? Com que frequência? Quanto ele gasta?
  • Pessoas ou empresas: seu produto é para pessoas físicas ou para empresas?

Para facilitar o seu entendimento, vamos considerar a venda dos produtos odontológicos. Veja o exemplo de uma possível definição de público-alvo:

Dentistas, predominantemente mulheres, de 28 a 45 anos, com formação superior completa, renda mensal entre R$4 mil a R$7 mil, casadas com filhos, moradoras da região Sudeste e que fazem compras recorrentes de produtos para seus consultórios particulares.

É possível criar campanhas segmentadas para esse público específico. Essa ação facilita a comunicação personalizada para este determinado nicho. Afinal, você terá mais conhecimentos sobre o perfil de pessoas que compram de você. Sendo assim, poderá criar campanhas e anúncios mais persuasivos e direcionados.

Após delimitar qual é o seu público-alvo, o ideal é traçar a sua persona, ou seja, definir a representação do cliente característico do seu negócio. Veremos isso mais a frente.

COMO ENCONTRAR DADOS PARA DEFINIR SEU PÚBLICO-ALVO NO GOOGLE ADS?

Se você já anuncia na internet e já possui clientes, fica mais fácil identificar o seu público-alvo no Google Ads. Para fazer isso, analise as métricas referente aos usuários que entram no seu site e demonstram interesse no seu produto ou serviço. Tais métricas podem ser encontradas no próprio Google Ads e no Google Analytics.

Caso queira saber mais sobre como funciona o Google Analytics e quais são as principais métricas a serem analisadas, este artigo vai te ajudar.

GOOGLE ANALYTICS: O QUE É, COMO INSTALAR E ANALISAR AS PRINCIPAIS MÉTRICAS

Outra forma de desenhar o perfil do seu público é através de pesquisas. Elabore formulários com perguntas-chave e pedir para que seus prospects respondam. Pode ser enviado por e-mail, ou até mesmo um formulário físico, se você tiver um estabelecimento que receba clientes.

Se a sua empresa é totalmente nova e você não tem esses dados em mãos, pode recorrer às pesquisas de Marketing e aos dados levantados por elas a respeito do seu mercado. 

Nesse processo, faça testes e mais testes. Seus resultados te ajudarão enxergar e moldar o perfil do seu potencial comprador.

ONDE ESTÁ SEU PÚBLICO-ALVO?

Quando faço essa pergunta, não quero saber em qual região ele está, mas sim onde ele procura por serviços e produtos. Com essa resposta, você saberá onde anunciar.

Por exemplo, você sabe que o seu público está sempre fazendo pesquisas no Google. Neste buscador, ele procura por soluções que você tem a oferecer. Neste caso, o ideal seria criar anúncios para a Rede de Pesquisa.

Se o seu potencial cliente não pesquisa no Google, mas você identifica que ele assiste muito conteúdo no YouTube, então é nessa plataforma que você deverá atuar.

Talvez seja o caso do público não pesquisar no buscador, não assistir vídeos no YouTube, mas acessar portais de notícias diariamente. Esses portais são o caminho para chegar até ele, e é onde você poderá exibir anúncios através da Rede de Display.

Então, saber onde o seu público está, vai te ajudar a definir em qual rede do Google você deve anunciar.

COMO CONQUISTAR SEU PÚBLICO?

Uma vez que já sabe quem é o seu público-alvo e onde ele está, é o momento da criação da sua publicidade. Não basta só criar campanhas jogadas aleatoriamente e achar que isso trará inúmeras vendas. Para ter conversões, só exibir anúncios não é suficiente, é preciso exibir anúncios certos, no momento certo.

O primeiro passo é entender em qual momento está o seu público-alvo. Ele está pronto para comprar? Ele está somente pesquisando para conhecer empresas? A criação do seu anúncio depende diretamente da resposta dessas perguntas.

Se o seu público está no YouTube, se questione: o que ele está fazendo lá? Ele está preparado para comprar o que eu vendo?

Pode ser que sim, dependendo do momento que ele está. Mas também pode ser que não. Se o usuário ainda não está pronto para comprar, talvez seja melhor fazer uma campanha explicando o seu produto. Desta forma, você pode atraí-lo, ganhar autoridade e engajá-lo, para que depois realize a venda.

Estratégia para atingir o seu público-alvo no Google Ads

De acordo com a política do Google, a prioridade é exibir o anúncio no momento certo, para a pessoa certa, na hora certa em que a pessoa está propícia a reagir positivamente ao anúncio. Direcionar uma campanha para quem está começando a pesquisar sobre algo e nem sequer sabe se vai comprar, dificilmente vai gerar uma venda para você. 

Siga essa linha de raciocínio:

  • Para quem quer comprar: exiba anúncios de venda;
  • Para quem quer se informar: crie anúncios de conteúdo e informativos;

Muitas empresas decidem não anunciar para os usuários que querem apesar se informar, pois focam nas vendas e não em qualificar seu potencial consumidor a comprar no futuro.

Se você, assim como eu, planeja Marketing para médio e longo prazo, investir em pessoas que ainda não estão preparadas para comprar é uma estratégia muito importante. A famosa geração de leads.

Aqui no blog temos um conteúdo completo sobre o tema, confira:

4 ESTRATÉGIAS PARA GERAR LEADS MAIS BARATOS NO GOOGLE ADS

CONCLUSÃO

Depois de entender melhor sobre público-alvo no Google Ads e persona, podemos dizer que o segundo conceito é uma evolução natural do primeiro. É preciso compreender seu público, para que depois, você consiga criar a persona e transformar dados em histórias. Isso torna a sua mensagem mais eficaz e relevante.

Para que a sua publicidade realmente impacte o usuário e o atraia, você precisa entender em que momento ele se encontra. Se ainda não está preparado para comprar, você não deve direcionar um anúncio de venda a ele.

Dessa forma, precisa pensar na estratégia do anúncio que fará e qual conteúdo será entregue: se será uma oferta de compra ou informação para engajamento e assim por diante.

Para finalizar, falei de forma muito sucinta sobre estratégias para impactar o seu público. Caso queira aprender a criar uma campanha no Google Ads na prática, no meu canal do YouTube tem uma aula ensinando todo o passo a passo. Você também aprenderá a fazer a segmentação correta nas suas campanhas depois dessa definição de público-alvo.

Ainda restaram dúvidas sobre o assunto? Deixe seu comentário abaixo. Ficaria feliz em esclarecer suas questões.

Adriano Gianini

Adriano Gianini

Adriano Gianini é um dos Maiores Especialistas e Produtores de Conteúdo sobre Google Ads no Brasil. Seu canal do YouTube oferece conteúdos gratuitos que têm ajudado milhares de pessoas a anunciarem no Google de forma inteligente. Acredita que Marketing é uma construção e que, por isso, toda empresa bem direcionada pode traçar uma estratégia de vendas campeã no Google.

Aprofunde seu conhecimento com os artigos abaixo:

Uma resposta para “COMO IMPACTAR UM PÚBLICO-ALVO ESPECÍFICO NO GOOGLE ADS?”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Mensagem enviada com sucesso!

Logo retornaremos o seu contato.