Se eu te disser que o seu concorrente pode clicar no seu anúncio apenas para gastar a sua verba e tirar você dos resultados de pesquisa? Sim! Uma pessoa, sendo seu concorrente ou não, ou robô mal intencionado, pode gastar toda a sua verba, clicando de forma inválida no seu anúncio. Mas não se desespere, porque o Google tem uma série de proteções contra isso.

Para falar sobre esse assunto, farei dois artigos. Neste primeiro, vou explicar tudo o que o Google considera como clique inválido. Esse é o termo correto. Quando alguém tenta gastar a sua verba, às vezes até acidentalmente, não sendo má intenção, o Google considera como clique inválido. Mas ele tem várias maneiras de proteger você e devolver o dinheiro que você investiu quando isso acontece. No próximo artigo, será algo mais avançado. Explicarei como você identifica esses cliques inválidos e os bloqueia, inclusive endereço IP, para que você não receba mais cliques do tal endereço.

PRIMEIRO: O GOOGLE ESTÁ DE OLHO NISSO

A principal coisa que você precisa entender, é que quando isso ocorre, o Google está preocupado com você! Preocupado em te proteger de cliques assim, que muitas vezes são sem intenção do usuário, quando o mesmo clica duas vezes – ou mais – em um anúncio. Outras vezes é verdadeiramente um concorrente que está clicando para gastar a sua verba.

A primeira coisa que o Google faz para proteger você, é se um usuário que hospeda anúncios no site dele, por exemplo, um programa do Google Adsense, e ele mesmo fica clicando nos anúncios, tipo dando uma de espertinho, sabe?! Então imagina que a pessoa tem um site e ela abre espaço para publicidade do Google no site dela, só que ela ganha se as pessoas clicarem. Então, o que ela pode fazer? Pode clicar bastante propositalmente, pensando em ganhar muita grana. Só que o Google consegue detectar!

Ou seja, se o Google perceber que tem alguém utilizando dessa artimanha para ganho próprio, para ganhar mais dinheiro por ter recebido mas cliques, ele consegue detectar essas ações e considera os cliques inválidos. E aí você pode até ser cobrado, mas depois você terá o dinheiro devolvido. Outra forma que o Google consegue detectar cliques inválidos, é caso alguém crie um robô que fique clicando no seu anúncio, gastando sua verba. Ele consegue identificar comportamentos humanos e comportamentos de robôs maliciosos, digamos assim, pois existem padrões que o Google analisa.

VOCÊ É COBRADO, MAS DEPOIS SEU DINHEIRO É DEVOLVIDO

Você percebeu que, tanto nos casos de cliques de humanos, como os de robôs, é comum você ser cobrado. Mas depois, com a inteligência do Google em detectar esses comportamentos mal intencionados, ele te devolve o valor como cliques inválidos, dentro do seu relatório financeiro. Outra forma do gasto de verba, são os cliques que o Google chama de cliques irrelevantes, como acontece nos casos em que o usuário clica sem pretensão, duas ou mais vezes no mesmo anúncio. Na teoria, aquele anúncio recebeu mais de um clique, só que na prática era para ser um clique só. Então, quando o Google percebe que a pessoa deu dois cliques “sem querer, querendo”, ele irá tratar como cliques inválidos.

E provavelmente, o que mais preocupa quem anuncia, é quando o concorrente clica no anúncio de forma que o Google entenda como o comportamento humano, tipo, ele faz uma pesquisa e clica, depois de um tempo, faz uma nova pesquisa e clica novamente. Infelizmente, essa é uma prática bem comum em alguns tipos de mercado. O que acontece? O Google tem um sistema muito sofisticado, e nesses casos, o principal trabalho dele é fazer com que você sequer seja cobrado. Pensa bem, existem mercados em que apenas um clique, chega a custar R$ 150 a R$ 200 reais. Então, cada 10 cliques podem chegar a R$ 2.000, e você corre o risco de sair do leilão por alguns minutos, ou até algumas horas.

Toda essa sofisticação do Google, faz com que ele busque sequer cobrar de você. Pode ser que passe “despercebido” de imediato, mas o Google continua analisando os cliques depois, e quando ele percebe que um clique inválido passou, ele o classifica como inválido e devolve o dinheiro para você. É claro que isso é uma situação chata, quando acontece de uma clique inválido passar, porque é debitado do seu orçamento, muitas vezes tira você do leilão, e depois mesmo que ele devolva, você fica de fora do leilão por um tempo, perdendo de ganhar dinheiro.

CONCLUSÃO

O que você pode fazer acerca disso? Identificar manualmente cliques que são potencialmente inválidos, pegar o IP e bloqueá-lo. Só que isso vai ficar para outro artigo, onde vou explicar melhor sobre o que é essa mágica de bloquear IPs na sua campanha, como você o detecta e principalmente, como você vai no Google Ads e bloqueia manualmente o IP.

Até lá!


Adriano Gianini
Adriano Gianini

Adriano Gianini é Consultor, Professor, Palestrante e Especialista em Marketing Digital há 10 anos. É também especialista em Tráfego e Conversão, Google Ads, Facebook Ads, Inbound Marketing, Métricas, BI e Negócios.

    1 Response to "CONCORRENTE FRAUDANDO O MEU ANÚNCIO?"

    • Ricardo

      Ainda bem que o Google possui formas de identificar isso. Embora eu creia que exista alguns cliques que nem mesmo as ferramentas do buscador consiga identificar. O bloqueio de IPs que você citou, é uma excelente forma de minimizar futuros prejuízos.

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.