Google AdWords e Facebook são duas fontes gigantes de tráfego para o seu negócio, seja ele digital ou local. É natural que, ao descobrir estas duas fontes de tráfego, você se pergunte qual delas é a melhor para o seu negócio. Principalmente quando não se tem dinheiro sobrando para investir, o que é a realidade da grande maioria.

É MELHOR ANUNCIAR NO GOOGLE ADWORDS OU NO FACEBOOK?

De maneira simples e direta: é melhor anunciar nos dois. Em todos projetos que me envolvi, projetos meus e de consultorias minhas, a combinação dos dois se mostrou poderosíssima. Se você possui verba suficiente para investir nos dois ou pode dividir esta verba entre os dois, é sem dúvida uma sábia escolha.

Se você queria apenas saber qual o melhor, já conseguiu essa resposta. Agora se você quiser entender os pontos positivos de cada um, continue lendo que vou detalhar pra você estrategicamente cada ponto.

POR QUE ANUNCIAR NOS DOIS?

Estatisticamente falando, cerca de 90% das pessoas que utilizam internet, usam algum serviço do Google.  Pode ser o  próprio buscador para uma pesquisa, pode ser algum site parceiro, vídeos do youtube, aplicativos Google, Google Maps, Blogger, enfim. O fato é que se seu potencial cliente utiliza a Internet, o Google tem 90% de chances de impactar seu cliente.

Por outro lado, o Facebook atingiu a espetacular marca de 2 bilhões de usuários ao redor do mundo, sendo mais de 100 milhões só no Brasil. Além disso, segundo pesquisa do próprio Facebook,  99% dos usuários interagem com marcas no Facebook.

Em resumo, utilizar AdWords e Facebook praticamente garante que você vai conseguir atingir seu público.

PONTOS POSITIVOS DO GOOGLE ADWORDS

Há diversos pontos positivos (leia-se vantagens) em se anunciar no Google AdWords. Vejamos algumas.

SEGMENTAÇÃO

É possível segmentar seus anúncios para que impacte apenas o público que pode comprar de você. Existem diversas segmentações no AdWords, como por exemplo:

  1. Palavras-chave;
  2. Dados demográficos;
  3. Poder aquisitivo;
  4. País, estado, cidade;
  5. Dia e Horário;
  6. Entre muitas outras, incluindo a combinação de várias segmentações.

Quanto mais você conhecer o seu público, mais conseguirá segmentar no AdWords. Imagine uma pizzaria que quer criar campanhas para o delivery. Seria possível limitar suas campanhas por dias da semana, horário de entrega e região (ou ainda raio de quilometragem) em que fazem entrega.

Só isto já garante que seus anúncios não serão exibidos em horários que seu negócio não funciona, bem como pessoas que estão fora do seu raio de entrega.

ALCANCE

Em termos de alcance, o Google AdWords é sensacional. Como já disse antes, cerca de 90% das pessoas que acessam a internet, fazem uso dos serviços do Google. O que lhe garante grandes chances de impactar seu público-alvo.

CONTROLE DE INVESTIMENTOS

É possível controlar quanto você quer investir e quando você quer investir. Você tem total controle sobre isso. Se você quer investir 50 reais, distribuídos em uma semana, é possível. Mas se quer investir 50 reais em um dia só, também é possível.

Além disso você também tem controle para aumentar ou diminuir o investimento em uma campanha. Por exemplo, em uma campanha que está dando ótimos resultados você pode dobrar ou triplicar a receita diária, assim como também pode baixar em campanhas não lucrativas.

MENSURAÇÃO DE RESULTADOS

Você consegue ter informações claras sobre os resultados que seus investimento estão gerando pra você. É possível saber muita coisa sobre suas campanhas, como por exemplo:

  1. Quantas pessoas viram seu anúncio;
  2. Quantas pessoas clicaram no seu anúncio;
  3. Quantas pessoas compraram a partir do seu anúncio;
  4. Quanto está custando cada venda (aquisição);
  5. Quem é o público que está impactando;
  6. Quanto está o seu ROI (Retorno sobre Investimento);
  7. Entre várias outras informações.

Ou seja, diferente do mundo offline, você tem indicadores de sobra para saber se seus investimentos estão trazendo retorno para o seu negócio ou não.

REDE DE SITES PARCEIROS

Existem milhares de sites parceiros do Google, sites em que você pode exibir seus anúncios lá. O único problema é que um site precisa se tornar parceiro do Google para que isso seja possível, através do programa de parcerias AdSense. Mas a lista é gigante. Você pode anunciar em sites, canais do youtube, vídeos específicos, há sempre algo de muito relevante que vai lhe ajudar a impactar sua audiência quando ela não estiver, deliberadamente, procurando por algo na Internet.

RESULTADOS RÁPIDOS

A Rede de Pesquisa é a melhor rede para resultados rápidos (vendas), pois é uma rede onde as pessoas estão proativamente buscando por produtos ou serviços. Embora eu tenha alguns cases onde o Facebook trouxe vendas bem mais rápidas que o AdWords, a rede de pesquisa é mais forte para resultados rápidos em termos de vendas.

PONTOS POSITIVOS DO FACEBOOK

Dentre todas as vantagens descritas acima como vantagens do Google AdWords, o Facebook tem a grande maioria também com algumas ressalvas, que destacado abaixo:

SEGMENTAÇÃO

Basicamente temos as mesmas segmentações, com a ressalva que o Facebook não é um sistema de buscas como o Google. Em compensação é possível anunciar para o público que curte ou segue páginas e até interesses específicos.

Ao contrário do Google, que exige que o site em que se quer anunciar seja parceiro, no Facebook isso não existe. Ou seja, eu posso criar uma audiência de um concorrente (leia-se de pessoas que seguem ou curtem meu concorrente) e anunciar para eles.

Então quer dizer que consigo anunciar para qualquer pessoa que curtiu uma fan page X? Na teoria sim, na prática não funciona bem assim por uma razão bem simples. Não tenho a informação exata, mas há uma quantidade mínima de pessoas que interagiram (curtiram, seguiram, etc), para que o Facebook reconheça como audiência válida. Por conta disso, às vezes não conseguirá. Mas na maioria das vezes conseguirá sim.

ALCANCE

O alcance do Facebook também é muito grande. Embora a rede do Google atinja um número ignorante de pessoas, estatísticas mostram o quanto as pessoas ficam no facebook diariamente. Em transportes públicos, filas de banco, restaurantes, e por aí vai. É muito fácil impactar seu público no Facebook e em diferentes horários.

CONTROLE DE INVESTIMENTOS E MENSURAÇÃO DE RESULTADOS

Neste ponto as duas ferramentas são idênticas. Total controle sobre quanto você quer investir e sobre os resultados das suas campanhas (métricas).

RESULTADOS RÁPIDOS

O Facebook é sensacional para geração de leads e engajamento, mas também é para vendas. Na teoria, por se tratar de uma rede reativa, não é focada em vendas. Entretanto, em minhas campanhas recentes, há vários casos onde o Facebook me trouxe mais resultados de vendas do que o próprio AdWords.

Mas, na grande média das campanhas, a rede de pesquisa do Google é a melhor opção para vendas rápidas.

CONCLUSÃO

Depois de tantos anos usando AdWords e Facebook, inclusive outras fontes de tráfego, consigo concluir algo simples: o melhor é o que está vendendo mais a um custo de aquisição menor. Ou ainda a que está gerando um lead com menor valor.

Se tenho R$ 10.000,00 por mês pra investir e divido esta verba igualmente para AdWords e Facebook, não preciso manter isso eternamente. Se um cliente me custar 50 reais no AdWords e 30 reais no Facebook, qual você acha que vou priorizar e colocar mais verba?

Historicamente e analisando vários cases, tenho visto o AdWords (rede de pesquisa) ser melhor para vendas e Facebook ser melhor para geração de leads. Mas quando falamos em Marketing Digital, especialmente compra de tráfego, estamos falando também de muitos testes. É importante sempre fazer mais com menos ou com a mesma verba, o que demanda inteligência extraída de testes ou de históricos de campanhas bem sucedidas.

Curtiu? Aprendeu algo novo neste post? Ficarei feliz se deixar seu comentário.

Grande abraço
Adriano Gianini


Adriano Gianini
Adriano Gianini

Adriano Gianini é Consultor, Professor, Palestrante e Especialista em Marketing Digital há 10 anos. É também especialista em Tráfego e Conversão, Google Ads, Facebook Ads, InBound Marketing, Métricas, BI e Negócios. Formado em Web Design e Programação e Pós Graduado em Comunicação Digital, Web Jornalismo e Novas Mídias, possui todas as certificações Google em Google Ads e Google Analytics. Como consultor atende empresas de médio e pequeno porte, no Brasil e nos EUA, reduzindo o custo de aquisição e escalando os resultados em contas com grandes investimentos em tráfego.

    2 replies to "É melhor anunciar no Google AdWords ou no Facebook?"

    • Shanti Rodriggo

      Oi Adriano gostei sim do post, bem esclarecedor.
      Eu gostaria de saber se você tem curso de trafego pro google e tb pro face.

      • Adriano Gianini

        Olá, em breve vou lançar um, veja mais aqui: maquinadetrafegoeconversao.com.br

Leave a Reply

Your email address will not be published.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.