O cliente fala pra você que não precisa de um site, que já tem uma fan page e já impacta os clientes por lá. Qual seu principal argumento para matar esta objeção?

Primeiro é preciso entender que esta objeção tem aumentado e vai continuar aumentando, ao mesmo tempo em que muitos usam os piores argumentos, que são argumentos técnicos.

Coisas como: ahh, mas um site é melhor que uma fan page! Um site tem mais alcance que uma fan page…entre outras afirmações.

Preparei neste vídeo inúmeras vantagens e desvantagens de um site e de uma fan page. O material ficou super completo e após o vídeo você terá ferramentas para ajudar seus clientes a decidirem entre um site e uma fan page.

 


Adriano Gianini
Adriano Gianini

Adriano Gianini é um dos Maiores Especialistas e Produtores de Conteúdo sobre Google Ads no Brasil. Seu canal do YouTube oferece conteúdos gratuitos que têm ajudado milhares de pessoas a anunciarem no Google de forma inteligente. Acredita que Marketing é uma construção e que, por isso, toda empresa bem direcionada pode traçar uma estratégia de vendas campeã no Google.

    1 Response to "Site ou fan page: o que uma empresa precisa para impactar clientes?"

    • Armando Bretas

      Acredito que o ideal é ter os dois, site e fanpage. O site está no servidor e d amaior liberdade de ação, enquanto a fanpage permanece em terreno alugado (e que pode mudar a qualquer momento, conforme o humor de tio Mark).
      Eu acho prudente investir nos dois.

      Parabéns pelo artigo!

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.