VENDER NA INTERNET: QUAL O CAMINHO MAIS RÁPIDO?

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no email
Compartilhar no telegram
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no tumblr

Você já decidiu que quer e precisa vender na internet, mas está em busca de uma maneira mais rápida para conseguir isso?

Querer gerar vendas online já é um grande passo em direção ao sucesso do seu negócio. Isso porque, uma empresa que não está na internet, pode não atingir seus potenciais clientes. Consequentemente, isso faz com que ela perca vendas.

Para que uma empresa exista, ela precisa vender. A internet se tornou a melhor maneira de fazer isso. Afinal, os consumidores estão diariamente realizando pesquisas online. Além disso, existem diversas estratégias de Marketing Digital eficazes para gerar vendas. 

Entretanto, engana-se quem pensa que para vender basta apenas ter um site ou contas em redes sociais. É necessário investir seus esforços em diferentes estratégias para atingir seu público-alvo. 

Por esse motivo, é importante compreender que é possível gerar vendas online e ter ótimos resultados. Porém, é necessário que exista foco e dedicação da sua parte para que isso aconteça.

Mas, afinal, realmente existe uma maneira mais rápida de gerar vendas na internet? 

Sim, existe. Trata-se de uma estratégia que faz com que empresas vendam todos os dias: a publicidade paga. 

Quando falamos em publicidade paga, é comum que muitas dúvidas surjam. 

Mas, calma. Você vai conseguir compreender melhor sobre o que eu estou falando. Continue a leitura e entenda porque esse é o caminho mais rápido para vender. 

Vamos lá! 

QUAL O CAMINHO MAIS RÁPIDO PARA VENDER NA INTERNET

Uma empresa que não vende, não existe. Afinal, ela precisa de lucro para poder se manter. Caso contrário, não tem como manter uma equipe, pagar as contas e assim por diante. 

Porém, uma empresa que não investe em publicidade paga, está fora do mercado. Independente se é na internet, se é na televisão, rádio ou qualquer que seja o canal: precisa investir em tráfego pago

Isso pode gerar um certo incômodo se você não investe na estratégia, mas essa é a verdade.

Gerar tráfego nada mais é do que levar pessoas para o seu blog, site, e-commerce e assim por diante. É basicamente gerar visitantes para suas páginas. O tráfego pago é uma maneira de atingir esse objetivo, mas com anúncios publicitários.

A publicidade paga é uma das principais estratégias de Marketing Digital. Diariamente, várias empresas investem em anúncios para atingir potenciais clientes. Se você não faz esse tipo de publicidade, não tem chance de competir com essas empresas. 

Ao investir em tráfego pago, as chances da sua empresa aparecer para o seu público-alvo são maiores. Isso, consequentemente, pode gerar mais vendas. Quando eu digo que pode gerar, é porque não existe uma garantia que você venderá. 

No entanto, quando a estratégia é bem aplicada, as chances de gerar vendas são grandes. 

Isso acontece porque a publicidade paga é uma estratégia usada para atingir as pessoas certas. Com ela é possível ter um alto nível de segmentação. Ou seja, você pode atingir quem realmente tem a intenção de comprar o que a sua empresa oferece. 

Pense na quantidade de sites disponíveis na internet. Agora, pense nos seus concorrentes. São muitas opções para os seus potenciais clientes escolherem. Como você vai fazer para se destacar e conquistá-los? Com tráfego pago.

Imagine que você estudou sobre a estratégia de publicidade paga, montou um bom planejamento e decidiu criar as suas campanhas. A sua empresa pode aparecer hoje mesmo em destaque e gerar vendas. 

Esse é o principal motivo do tráfego pago ser a maneira mais rápida para vender na internet. Porém, a estratégia tem diversas outras vantagens e vou falar sobre algumas delas a seguir. 

Recomendação de leitura: O QUE É E COMO FAZER TRÁFEGO PAGO

 

VANTAGENS DE INVESTIR EM TRÁFEGO PAGO NA INTERNET 

vantagens-publicidade-paga

Eu falei, brevemente, que a publicidade paga na internet tem alto poder de segmentação. Também citei que ela pode destacar sua empresa de maneira rápida. Agora falarei, detalhadamente, sobre essas e outras vantagens do tráfego pago. 

Aqui estão alguns dos principais motivos que fazem com que as empresas dediquem seus esforços em anúncios. 

1. Resultados rápidos

Com a publicidade paga, você tem maior alcance e pode utilizar seu conteúdo para crescer a sua marca. Isso porque, é possível fazer segmentações específicas e obter leads mais qualificados. Vale dizer que leads são contatos de pessoas que possuem certo interesse no produto ou serviço que você oferece. 

Por exemplo, vamos supor que o seu site não esteja classificado na primeira página dos resultados do Google (de maneira orgânica – não paga). Ao investir em publicidade paga, seus anúncios podem aparecer para seu público-alvo. E, como consequência, isso pode levar tráfego de alta qualidade para o seu site. 

Em outras palavras, você pode obter tráfego de pessoas que têm interesse no que a sua empresa oferece. 

Ou seja, sua empresa aparecerá quando alguém fizer pesquisas usando as palavras-chave que você definiu. 

CURSO GRATUITO DE PESQUISA DE PALAVRA-CHAVE 

2. Anúncios são acessíveis e mensuráveis

Algumas das principais características dos anúncios é que eles são acessíveis e mensuráveis. Entenda melhor cada um desses pontos: 

Orçamento flexível

Os custos relacionados à estratégia dependem do objetivo ou tipo de anúncio que você quer exibir. Além, claro, do quanto tem de orçamento para investir.

Não existe um valor mínimo e nem máximo de orçamento exigido. Você pode começar com quanto quiser. Mas, claro, o valor investido está diretamente ligado aos resultados. 

Por exemplo, se o seu objetivo é gerar tráfego para o site, pode escolher o custo por clique (CPC). Isso porque, a cobrança é feita por cada clique no anúncio. Assim, é possível saber quantas pessoas clicaram e chegaram a uma determinada página. 

Se o seu objetivo for conhecimento da marca, o CPM (custo por mil impressões) é a melhor opção. Neste caso, impressões significam quantas vezes o seu anúncio aparece. Ele não precisa ter cliques, apenas aparecer. 

Essas são estratégias de lance de leilão. De maneira simples, é a forma como você quer pagar por suas campanhas. 

Basicamente, o Google Ads funciona em um formato de leilão. Ou seja, quem paga mais – e tem maior relevância – tem mais chances de aparecer. 

Se você quiser saber mais sobre o assunto, clique no link abaixo: 

ESTRATÉGIAS DE LANCES NO GOOGLE ADS: QUAL É A MELHOR? 

Poder de Mensuração

Além disso, os anúncios podem ser criados em poucos minutos e são mensuráveis. Você pode acompanhar e controlar o dinheiro que gasta nas plataformas de anúncios pagos. Isso porque é possível definir orçamentos diários e totais para as campanhas. Dessa maneira, você consegue não gastar mais do que gostaria. 

Ao analisar as métricas do Google Ads, é possível saber se o investimento em campanhas está dando retorno. Com isso, poderá economizar e otimizar seu dinheiro. Isso porque você poderá redirecionar seus esforços para o que está dando resultados. E, claro, parar de investir no que não funciona. 

Compreende a importância da mensuração? Ela é fundamental para saber se o investimento em tráfego pago está ou não sendo eficaz.  

3. Segmentação específica

A segmentação da publicidade paga online pode ser muito específica. Isso permite alcançar visitantes relevantes que estão interessados em seus produtos ou serviços. 

Caso você já tenha histórico de vendas na sua empresa, é possível identificar algumas informações que podem ser relevantes para as suas segmentações: 

  • Localização;
  • Gênero;
  • Idade;
  • Dados demográficos;
  • Cargos;
  • Interesses e assim por diante. 

Use esses dados para segmentar as suas campanhas pagas. Elas são importantes para que você consiga mais leads qualificados e, assim, aumentar as vendas.  

Quando um visitante acessar o seu site ou clicar em um anúncio, você também pode executar uma campanha de remarketing. Essa é outra estratégia paga, que tem como objetivo envolver continuamente potenciais clientes. 

Ou seja, fazer com que seu anúncio apareça novamente para quem já teve algum tipo de contato com você. 

Essas estratégias servem para que essas pessoas lembrem da sua marca, do seu produto ou serviço e isso as incentive a comprar de você.

4. Anúncios em várias plataformas

Existe uma infinidade de plataformas e maneiras diferentes de divulgar sua empresa com tráfego pago. Você pode aparecer nos resultados de pesquisa do Google, por exemplo. 

Pode investir em publicidade paga no YouTube. Ambas anteriores são através da plataforma Google Ads. Ou, simplesmente, exibir anúncios nas redes sociais, que são criados pelo Facebook Ads. 

Hoje, quase todas as plataformas de mídias sociais têm publicidade paga disponível, e as principais são:

  • Facebook
  • Instagram
  • Twitter
  • LinkedIn

São diversas as opções de plataformas quando se trata de fazer publicidade paga. Quando se trata de aparecer nos resultados do Google ou no YouTube, por exemplo, é necessário usar a plataforma Google Ads. Já as redes sociais têm suas próprias plataformas para tráfego pago. 

Além disso, também existe uma variedade de campanhas para atender os seus diferentes objetivos. 

Ao montar a sua persona (personagem semi fictício que representa o cliente ideal), analise e defina quais plataformas ela usa. Identifique quais canais possuem publicidade paga e comece o seu planejamento.

Por exemplo, se o seu público-alvo tem característica de assistir muitos vídeos no YouTube, é lá que você deve aparecer. Mas lembre-se: nada impede da sua audiência estar em várias mídias diferentes. 

É por isso que a publicidade paga é uma etapa natural para o funil de vendas e marketing. Esse funil é um modelo estratégico, organizado por estágios (etapas), que representam a jornada de compra dos potenciais clientes. Existem muitas possibilidades, plataformas e tipos de campanhas para escolher para cada etapa. 

QUAL A PRINCIPAL PLATAFORMA DE PUBLICIDADE PAGA?

publicidade-paga-google-ads

No tópico anterior, falei sobre alguns canais onde é possível anunciar. Porém, uma das ferramentas mais usadas para gerar vendas na internet é o Google Ads. 

As pessoas estão a todo momento no Google realizando pesquisas, em busca de soluções para os seus problemas. Imagine que você vende assistência técnica para celular. Seus potenciais clientes estão buscando por seu serviço. Mas, se a sua empresa não aparecer, eles encontrarão seus concorrentes.

Com a publicidade na Rede de Pesquisa – que é a rede na qual os anúncios aparecem nos resultados de pesquisa do Google – a sua empresa pode aparecer em destaque. De maneira simples, essa Rede mostra seus anúncios nos resultados de pesquisas relacionadas às palavras-chave. 

Por exemplo, imagine que você vende uma câmera digital da Sony. Quando alguém pesquisar no Google utilizando a palavra-chave “câmera digital da Sony”, seu anúncio poderá aparecer. 

E, essa é apenas uma das opções de publicidade que o Google Ads oferece. 

Existem duas opções de Rede de Publicidade do Google Ads:

  • Rede de Pesquisa
  • Rede de Display

Os anúncios da Rede de Pesquisa aparecem no próprio buscador do Google, no Google Maps e em parceiros de pesquisa. 

anuncios-de-rede-de-pesquisa

Já os anúncios da Rede de Display aparecem nos sites parceiros do Google, YouTube e Aplicativos. 

Anúncios em site parceiro:

Já os anúncios da Rede de Display aparecem nos sites parceiros do Google, YouTube e Aplicativos. Anúncios em site parceiro:

Anúncio de YouTube:

anuncio-youtube

Estes são apenas alguns exemplos de anúncios que podem ser exibidos no YouTube. Existem outros formatos.

Anúncios de Aplicativo:

anuncios-de-aplicativos

Se você quer entender tudo sobre exibição de anúncios do Google Ads: fica aqui essa recomendação de leitura:

EXIBIÇÃO DE ANÚNCIOS GOOGLE ADS: ONDE E QUANDO ELES APARECEM?

JÁ POSSO CRIAR UMA CAMPANHA E COMEÇAR A VENDER?

O Google Ads é uma plataforma que oferece diversas possibilidades para gerar tráfego pago. 

Mas, antes de criar campanhas nessa ferramenta, é importante refletir sobre algumas questões: 

  • O que você oferece?
  • Quanto dinheiro você tem para investir?
  • Você já conhece o seu público-alvo (persona)?
  • Você tem site? 
  • Seus anúncios vão redirecionar para qual página?
  • Quais palavras-chave quer utilizar? 

Depois de responder os questionamentos acima, você criará suas campanhas. Para saber mais sobre a plataforma e como criar sua conta, clique no link abaixo: 

COMO CRIAR UMA CONTA NO GOOGLE ADS – TUTORIAL PASSO A PASSO

TRÁFEGO ORGÂNICO OU TRÁFEGO PAGO? 

Tráfego orgânico e tráfego pago são duas estratégias extremamente importantes no Marketing Digital. 

Quando se trata de tráfego orgânico, algumas pessoas acreditam que investir nessa estratégia é aparecer de graça no Google. No entanto, não é assim que funciona. 

Para aparecer de maneira orgânica nos resultados de busca do Google, é necessário muito investimento de tempo. Para aparecer no topo do Google organicamente é fundamental utilizar técnicas de SEO.

O SEO (Search Engine Optimization), como a própria tradução já induz, é uma otimização para os motores de busca. São técnicas que influenciam o ranking orgânico (não pago) dos resultados que aparecem. O Google se torna cada vez mais exigente quanto a isso.

Algumas das técnicas são:

  • Criar conteúdo otimizado (palavras-chave, meta description, links internos e externos, etc.);
  • Usar palavras-chave em descritivos de produtos ou serviços;
  • Otimizar a página com títulos e subtítulos;
  • Renomear imagens;
  • Melhorar o carregamento da página. 

Se você não quiser investir em publicidade paga, contará apenas com o tráfego orgânico. O que significa que terá que investir seu tempo em aplicar técnicas de SEO. 

Uma das coisas que precisará fazer é criar conteúdo otimizado. Se você não estiver disposto a fazer isso, terá que pagar alguém para fazer. O seu site também precisa estar de acordo com as boas práticas de SEO. Logo, se você não sabe fazer isso ou não tem tempo, terá que contratar uma pessoa. 

Além disso, o tráfego orgânico exige um trabalho contínuo. Para se manter nos primeiros resultados do Google, é necessário sempre criar novos conteúdos. Sem falar que as técnicas de SEO estão em constante atualização. 

O algoritmo do Google é exigente e vai “cobrar” isso da sua página para posicioná-la. Você precisará seguir todas as regras e exigências necessárias para manter uma boa posição. Em outras palavras, definitivamente o investimento em tráfego orgânico não é gratuito. 

Outro ponto importante é que um projeto de otimização pode demorar meses para ter resultados. Uma página que é otimizada agora, não vai aparecer automaticamente na primeira página do Google. Isso leva tempo. 

Diferente do tráfego pago, que você pode criar campanhas e gerar vendas em até 24 horas

Então, lembre-se, as duas estratégias são importantes e necessárias. Porém, se você quer vender na internet de maneira mais rápida, deve investir em publicidade paga. 

INVESTIR EM PUBLICIDADE PAGA SIGNIFICA VIRAR REFÉM?

Algumas pessoas falam que não querem investir em tráfego pago porque não querem ser reféns dele. Ou melhor, não querem ser reféns das plataformas de publicidade paga. Se você pensa assim, comece a rever esse pensamento.

Quanto mais eu investir em tráfego pago, mais serei refém dele? 

Pode ser que sim. Porém, quanto mais investir, maiores poderão ser seus resultados. Claro, com tanto que exista um bom planejamento para a estratégia. 

Se você investe apenas em tráfego orgânico para aparecer na primeira posição, amanhã pode perder esse posicionamento. Porque alguém vai fazer um trabalho tão forte quanto o seu. 

Com tráfego orgânico você precisará gerar conteúdo sempre. Caso contrário, vai perder posição, porque outra empresa vai fazer isso. Portanto, sua empresa é tão dependente de tráfego pago quanto de tráfego orgânico. 

A principal diferença é que, com a publicidade paga, você tem maior controle sobre quem vai atingir. Isso é possível devido a segmentação do tráfego pago. 

CONCLUSÃO

Agora, você já sabe que o caminho mais rápido para vender na internet é com publicidade paga. É essa estratégia que faz tantas empresas venderem todos os dias. 

Você também aprendeu que o Google Ads é uma das plataformas de tráfego pago mais utilizadas. Nela, você poderá criar diferentes tipos de campanhas para atingir seu público-alvo. 

Além disso, também falei sobre a questão de investir apenas em tráfego orgânico. Implementar técnicas de SEO exige conhecimento e tempo. Logo, essa não é uma estratégia gratuita. De alguma maneira, você acabará investindo dinheiro. 

Outro tópico muito importante foi sobre se tornar refém das plataformas de tráfego pago. Pense que vai utilizá-las para gerar resultados. Portanto, tudo bem se depender delas. Afinal, usar apenas tráfego orgânico também é depender da estratégia. 

Espero que, depois deste artigo, você entenda a importância da publicidade online paga. É ela que poderá destacar o seu negócio na internet e gerar vendas. 

Se você ainda não investe em tráfego pago, mas quer mudar essa situação, eu tenho um curso gratuito disponível. 

Para fazer a sua inscrição, basta preencher as informações no quadro abaixo. 

Ficou com alguma dúvida sobre a estratégia para vender na internet de maneira rápida? Deixe o seu comentário abaixo que responderei em breve! 

Adriano Gianini

Adriano Gianini

Adriano Gianini é um dos Maiores Especialistas e Produtores de Conteúdo sobre Google Ads no Brasil. Seu canal do YouTube oferece conteúdos gratuitos que têm ajudado milhares de pessoas a anunciarem no Google de forma inteligente. Acredita que Marketing é uma construção e que, por isso, toda empresa bem direcionada pode traçar uma estratégia de vendas campeã no Google.

Aprofunde seu conhecimento com os artigos abaixo:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Mensagem enviada com sucesso!

Logo retornaremos o seu contato.