YOUTUBE ADS: O QUE É E COMO ANUNCIAR NO YOUTUBE – PASSO A PASSO PARA CRIAR SEU ANÚNCIO

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no email
Compartilhar no telegram
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no tumblr

como-anunciar-no-youtube-ads

O YouTube Ads se tornou uma excelente alternativa para quem deseja vender na internet, tornar sua marca mais conhecida e impactar possíveis clientes.

Se você quer entender o que é e como anunciar no YouTube: está no lugar certo!

Não é nenhuma novidade que ao longo dos anos as pessoas estão assistindo cada vez menos à televisão. A audiência da TV sofre um declínio há tempos. Com isso, novas plataformas ganharam força. Sem dúvida o YouTube foi uma delas.

Nos últimos anos o YouTube ganhou cerca de 35 milhões de novos usuários. Isso representa um crescimento de 54%. O consumo de vídeos na internet aumenta exponencialmente. 

São mais de 2 bilhões de acessos mensais. Ele é o maior protagonista da era dos vídeos! Além disso, é o segundo maior site de busca. Só perde para o Google.

Com isso, empresas enxergam a plataforma de vídeo como um enorme potencial para alcançar seu público-alvo. Isso faz com que o interesse em anunciar no YouTube cresça na mesma proporção.

A mídia social continua em ascensão e nunca contribuiu tanto para o sucesso de empresas como atualmente. 

Mas, engana-se quem pensa que somente criar um anúncio e veiculá-lo no YouTube já garante excelentes resultados. Como toda estratégia de Marketing, para conseguir chamar atenção e vender, é preciso todo um planejamento por trás. 

Siga a leitura e compreenda tudo sobre essa plataforma que vem conquistando usuários e empresas.

O QUE É YOUTUBE ADS? 

Não sei se você sabe, mas o YouTube Ads é apenas um apelido, não se trata de um nome oficial

A palavra “Ads” é a abreviação de “Advertising” (publicidade em inglês). Como as outras plataformas de anúncios utilizam essa nomenclatura (Google Ads, Facebook Ads), a Rede de Vídeo do Google ficou popularmente conhecida como YouTube Ads.  

No entanto, não existe essa separação, pois a plataforma usada para criar anúncios no YouTube é o próprio Google Ads

Ou seja, o YouTube Ads se trata do termo popular para se referir a plataforma de anúncio de vídeo. Mas, na verdade, esses anúncios são criados a partir de uma uma campanha no Google Ads. Sendo assim, o Google é a responsável pela veiculação de propaganda paga dentro do YouTube. 

O Google possui duas redes de publicidade onde podem ser exibidos os anúncios: Rede de Pesquisa e Rede de Display. O YouTube está enquadrado dentro da Rede de Display. 

VALE A PENA ANUNCIAR NO YOUTUBE ADS? 

O YouTube passou o Facebook e se tornou a rede social mais usada pelos brasileiros. Além disso, é uma plataforma que está em constante crescimento. Cada vez mais os usuários da internet usam essa rede de vídeo para se informar, pesquisar sobre produtos, ver reviews, se entreter e por aí vai. 

Quem é empresário sabe que grande parte do sucesso de uma empresa vem da assertividade de atingir sua persona. Ou seja, conseguir fazer com que a sua marca ou oferta chegue àquela pessoa que tem exatamente o perfil do seu cliente ideal. 

Quando você sabe quem é seu público-alvo e onde ele está, isso facilita muito a sua estratégia de Marketing Digital. As marcas precisam estar onde o seu público está

Então, se grande parte da população está acessando vídeos no YouTube, automaticamente se torna um canal lotado de oportunidades. Afinal, de que adianta anunciar em uma rede que não possui usuários?

Por exemplo, vamos considerar que você abriu um novo restaurante e criou um panfleto para divulgá-lo. Onde prefere fazer essa divulgação? Em uma rua que quase não passa ninguém ou em uma rua super movimentada?

É exatamente essa mesma lógica usada no YouTube. Se há muitos espectadores, aumentam as chances de que o seu potencial cliente também esteja lá.   

Então, para a grande maioria dos nichos e mercados vale muito a pena investir em publicidade paga no YouTube. 

QUAIS AS VANTAGENS DE ANUNCIAR NO YOUTUBE ADS? 

Conheça as principais vantagens que tornam o YouTube muito eficiente para as marcas.

1. Controle de Investimento

O investimento para anunciar no YouTube cabe no seu bolso. É totalmente flexível e adaptável com a realidade financeira do seu negócio. Isso porque não existe um valor mínimo ou máximo. Quase nenhuma outra mídia permite esse controle em publicidade que o Google Ads permite. 

Então, se a realidade atual da sua empresa consiste em poder investir 500 reais por mês, é totalmente possível. Assim como também é possível investir 8 mil mensalmente. Ou seja, você está no controle dos gastos das suas campanhas.

Mas lembre-se, o valor de investimento está diretamente ligado aos seus resultados. Então, uma empresa que investe 8 mil consegue atingir muito mais pessoas do que quem investe 500 reais. Logo, aumentam as chances de conversão.

2. Poder de alcance

O YouTube é o segundo site mais acessado do Brasil e do mundo. Só com essa informação já dá para ter uma noção de que o tamanho do alcance é absurdo. São em torno de 1,3 bilhões de usuários que assistem cinco bilhões de vídeos diariamente. 

Como já dito anteriormente, quanto mais pessoas se concentram em uma rede social, mais fácil atingir o seu potencial comprador. 

3. Segmentação 

A segmentação é crucial para o Marketing Digital. É a forma de você dizer: “Quero que meus anúncios apareçam nesta cidade, para mulheres de 20 a 35 anos, das 10 da manhã até 18 horas, somente de segunda a sexta e nos vídeos que tratam sobre esse assunto.”

Você tem ideia do poder que isso dá a sua publicidade?

Por exemplo, vamos considerar que você vende produtos de bebês. Imagina conseguir anunciar a sua marca em vídeos do YouTube que abordam reviews sobre berços. Seria fantástico, porque estaria impactando um público qualificado e que tem potencial de compra.

Basicamente, quanto mais você conhece sobre o seu cliente, mais informações tem para segmentar. 

O Google Ads permite diversas opções de segmentação para quem deseja anunciar no YouTube. Veja abaixo: 

    • Dados demográficos: pode escolher uma faixa etária específica e o gênero. Ou seja, idade e sexo.
    • Palavras-chave: é possível exibir os seus anúncios apenas para quem busca por palavras específicas, totalmente relacionadas com o seu produto ou serviço.
    • Vídeos de interesse: você pode escolher em qual vídeo deseja anunciar. Claro, desde que ele esteja aberto para isso. Ou seja, pode optar por vídeos com conteúdos de interesse para o seu público-alvo.

4. Tempo assistido

Normalmente os usuários do YouTube acabam ficando mais tempo na plataforma. Isso porque ele encontra uma infinidade de conteúdo interessante. Além disso, a rede social busca reter quem está lá com recomendações. 

Isso é excelente para as empresas, pois assim elas têm mais chances de impactar o seu público-alvo. Estima-se que, no celular, o tempo médio que um usuário passa no YouTube é por volta de 40 minutos. 

5. Poder de mensuração

Essa é, com certeza, uma das maiores vantagens de anunciar no YouTube. Não só na plataforma de vídeo, mas também na internet como um todo.

As mídias offline (televisão, rádio, revista, outdoor), não permitem uma mensuração exata dos resultados. Por exemplo, quem anuncia em uma revista dificilmente saberá o número exato de pessoas que compraram por conta daquela propaganda específica.

Porém, com Marketing Digital isso é totalmente plausível. O Google Ads possui métricas e relatórios onde é possível ver com exatidão o que está trazendo resultados e o que não está.

Com essas análises você consegue visualizar qual anúncio está convertendo mais; saber qual a faixa etária de pessoas que mais engajam com a sua publicidade; entender qual a palavra-chave mais performa. Enfim, são diversas informações muito poderosas.

O profissional que sabe mensurar os resultados e toma decisões através disso, consegue economizar uma baita grana com campanhas que não são positivas. Além de correr um sério perigo de ser bem sucedido no Marketing Digital. 

Uma ferramenta muito importante para a mensuração de resultados é o Google Analytics. Para saber mais sobre ela, recomendo esta leitura:

GOOGLE ANALYTICS: O QUE É, COMO INSTALAR E ANALISAR AS PRINCIPAIS MÉTRICAS

QUAIS SÃO OS FORMATOS DE ANÚNCIOS NO YOUTUBE E COMO FUNCIONAM?

São diversos os formatos de anúncios dentro do YouTube.

O conteúdo dos anúncios em vídeo precisa estar hospedado no YouTube. Mas também existe a possibilidade de anunciar na plataforma de vídeo através da Rede de Display, dependendo do formato do anúncio e das configurações da campanha.

Conheça os principais formatos a seguir:

Anúncios em vídeos (puláveis) ou Anúncios in-stream puláveis:

São os anúncios que os usuários podem pular depois de cinco segundos, se quiserem. Podem ser inseridos antes, durante ou depois do vídeo principal.

anuncio-youtube

Podem ser exibidos nessas plataformas: computador, dispositivos móveis, TV e consoles de jogos.

A cobrança desse formato de anúncio é por CPV (custo por visualização). Ou seja, você paga quando um espectador assiste o seu vídeo. Mais especificamente o usuário precisa assistir 30 segundos, ou inteiro – se for menor que isso -, ou interagir com ele. O que ocorrer primeiro.

Com a estratégia de lances “Maximizar conversões”, CPM desejado e CPA desejado, você paga com base nas impressões.

Entenda mais sobre estratégias de lances:
QUAL É A MELHOR ESTRATÉGIA DE LANCES NO GOOGLE ADS?

Anúncios em vídeos (não puláveis) ou Anúncios in-stream não puláveis:

Nesse caso, o usuário precisa assistir o anúncio para então ter acesso ao conteúdo do vídeo, não é possível pular. O anúncio pode ter duração de 15 segundos ou menos.

Assim como no exemplo anterior, podem ser exibidos antes, durante ou depois.

anuncio-youtube

Neste caso, você paga com base nas impressões. Os anúncios in-stream não puláveis usam lances de CPM desejado. Assim, você paga sempre que seu anúncio é exibido.

Bumper:

O usuário precisa assistir até 6 segundos do anúncio para conseguir pular. Ele aparece em vídeos do YouTube e em sites e apps de Google parceiros de vídeo.

anuncio-youtube

Assim como exemplo anterior, com anúncios no formato Bumper você paga com base nas impressões. É utilizado lance CPM desejado, então paga toda vez que o anúncio é exibido.

Sobreposição

São os anúncios semitransparentes que são exibidos nas na parte inferior do vídeo.

anuncio-youtube

→ Banners Default

Neste caso são propagandas exibidas nas páginas do Youtube, só que fora dos vídeos. Só paga por clique ou por impressões. Ou seja, você pode decidir pagar pelo número de vezes que os anúncios foram exibidos (impressão) ou pelo número de cliques que receberão (CPC). 

Publicidade que aparece à direta do vídeo

Aparecem à direita do vídeo em destaque e acima da lista de sugestões de vídeo.

anuncio-youtube

Só pode ser visto em computadores.

Anúncio Discovery

Eles podem aparecer:

  • Nos resultados de busca, quando o usuário pesquisa por alguma palavra-chave (computador e mobile);
  • Nas recomendações de vídeos relacionados (computador e mobile);
  • Página inicial do app YouTube (mobile)

campanha-discovery-youtube

COMO VINCULAR SUA CONTA DO YOUTUBE AO GOOGLE ADS 

Veja abaixo o passo a passo de como vincular a sua conta do YouTube ao Google Ads:

  1. Entre na sua conta do Google Ads. Clique na engrenagem indicada na imagem abaixo e, no menu, escolha a opção Contas vinculadas. 

como anunciar no youtube

 

2. No exemplo abaixo, eu já tenho uma conta vinculada. Para verificar se você já tem ou precisa vincular um novo canal do YouTube ao Google Ads, clique na opção YouTube.

como anunciar no youtube

 

3. Para vincular um novo canal, clique no ícone +, como mostra a imagem abaixo. 

como anunciar no youtube

4. Em seguida, informe a URL do canal do YouTube que você deseja vincular à sua conta no Google Ads. 

Pronto, o seu canal do YouTube estará listado ao Google Ads. 

COMO ANUNCIAR NO YOUTUBE ADS 

Configurando a sua campanha de vídeo no Google Ads

  1. Na página inicial do Google Ads, vá até a seção Campanhas no menu lateral esquerdo. Em seguida, clique no ícone + e em Nova campanha. 

como anunciar no youtube

2. O próximo passo é definir o tipo de campanha que você deseja criar. Nesse caso, vamos escolher a opção Vídeo.

3. A seguir, é necessário escolher uma meta de sucesso para a sua campanha de vídeo. As opções são:

  • Consideração de produto e marca
  • Alcance e reconhecimento de marca

Ao oferecer essas duas opções, o Google Ads está dando uma ajuda para você definir a estratégia da sua campanha. Mas, também é possível que você tenha a sua própria estratégia, que não seja nenhuma das duas sugeridas pela ferramenta. 

Nesse caso, escolha a opção Criar uma campanha sem metas e, depois, clique em Continuar

4. Agora é hora de configurar a sua campanha. Defina um nome para ela. Eu costumo indicar entre colchetes o tipo de campanha que estou fazendo, seguido da meta que desejo alcançar com ela e uma descrição genérica. Veja um exemplo: 

Definindo o orçamento da campanha

  1. Defina um orçamento para a campanha.

Esse é um dos tópicos mais importantes do passo a passo sobre como anunciar no YouTube. No exemplo que estou criando, vou colocar orçamento diário, com um valor médio de R$10. Clique em Método de exibição para definir entre padrão e acelerado. Veja as principais diferenças entre esses métodos: 

  • Padrão: usa o valor médio distribuído ao longo do dia.
  • Acelerado: usa o valor médio de forma acelerada, em poucas horas. (Ótima para promoções sazonais)

Escolha a que é melhor para o seu negócio. 

2. Na próxima seção, você precisa definir datas de início e de término da sua campanha.

Se você quiser que ela rode por um tempo específico ou até mesmo programar a campanha para ela ir ao ar em uma data específica, é nesse espaço que você deve configurar essas informações. 

No exemplo abaixo, não vou mexer nessa configuração. Se você colocou uma verba de R$10 por dia e deseja manter a campanha rodando dessa forma até uma data indefinida, sem data para encerrar, não é preciso alterar nada nessa seção.

Esse tipo de definição vai ficar mais fácil depois que você medir os resultados da sua primeira campanha e quando estiver mais avançado na jornada de como anunciar no YouTube. 

Escolhendo as redes de anúncio

  1. É preciso configurar as redes em que o seu anúncio vai aparecer. As opções são: 

    Resultados de pesquisa do YouTube:

    O seu anúncio vai aparecer nas pesquisas feitas dentro do próprio YouTube, como na imagem abaixo. Se você quiser que o seu anúncio apareça nesse local, deixe essa opção ativada. 

Vídeos do YouTube:

Os anúncios aparecerão para o usuário em algum momento do vídeo que ele escolheu assistir no YouTube.
   

Parceiros de vídeo na Rede de Display:

Os anúncios aparecerão em sites parceiros do Google Ads. 

Neste momento pode er que você acredite que deixar todas as opções ativadas seja a melhor escolha. Mas, é preciso ter cuidado. Esse pode ser um pensamento de quem está iniciando. 

Não necessariamente essa é a melhor opção.  Se você exibir o seu anúncio em vários lugares, vai consumir rapidamente toda a sua verba de campanha. Recomendo que escolha apenas a rede que esteja relacionada, de alguma forma, à sua estratégia de campanha. 

Por exemplo, se eu quero veicular um anúncio que o usuário não pode pular, não faz sentido escolher a rede de resultados de pesquisa do YouTube. Nesse caso, eu vou escolher apenas a rede de vídeos do YouTube, para que ele veja o meu vídeo antes de começar a assistir o que se propôs.

Para o exemplo que estamos criando, vou deixar todas as opções ativas, mas lembre-se: escolha aquela que faz sentido para a sua estratégia. 

Configurando o idioma da sua campanha

Em Idiomas, coloque Português e Inglês. Você pode pensar: “mas estou veiculando meus anúncios para o Brasil!” Ainda assim, coloco sempre a opção do Inglês nas minhas campanhas, pois muitas pessoas usam seus navegadores e sites em inglês aqui no Brasil — e o meu objetivo é alcançá-las. 

Por último, você precisa definir a sua estratégia de lance. Se você não sabe o que esse termo significa, sugiro que você leia o artigo que vou deixar aqui embaixo.

As opções de estratégia de lances são a de CPV máximo e a de CPM máximo. Lembrando que CPV significa custo por visualização, enquanto CPM significa custo por mil visualizações. No exemplo, vamos utilizar o CPV máximo. 

COMO ANUNCIAR NO YOUTUBE: CRIANDO O GRUPO DE ANÚNCIO  

Na próxima seção de configuração da sua campanha, vamos criar o grupo de anúncio. O primeiro passo é definir um nome para ele. No exemplo abaixo, eu indiquei no nome do grupo de anúncio o tipo de público para quem minha campanha está direcionada. 

Em seguida, defina o lance máximo de CPV. Eu normalmente coloco R$0,15 para o início de campanhas. Logo abaixo, é possível configurar o ajuste de lance para os vídeos mais assistidos. Ou seja, se o vídeo está sendo muito assistido, você poderá dar um lance para ganhar no leilão. 

Como estamos fazendo uma campanha para iniciantes, não vamos mexer nessa configuração. Depois, se for necessário, você poderá ajustar esse tópico. 

Configurando o público-alvo e onde seus anúncios serão exibidos

A seguir, você deverá definir Pessoas que você deseja alcançar e o Conteúdo onde você quer exibir seus anúncios. 

Para definir a seção Pessoas, você deve informar:  

  • Informações demográficas: escolha idade, sexo, status parental e renda familiar das pessoas que você deseja impactar com os seus anúncios.
  • Público-alvo: aqui você poderá segmentar por interesse. Pode definir afinidade, intenção e eventos importantes, além de listas de remarketing. 

Para definir tópicos do Conteúdo, você precisará informar: 

  • Palavras-chave: se a sua campanha for focada para a rede de pesquisa do YouTube, como mencionei no começo desse artigo, faz sentido segmentar o seu anúncio por palavra-chave. Preencha aquelas que o seu público está buscando para que o seu anúncio apareça.
  • Tópicos: selecione qualquer assunto para segmentar a sua audiência.
  • Canais: você pode escolher entre canais do YouTube, vídeos do YouTube, Websites, Aplicativos e até mesmo Categorias de Aplicativos. Se um vídeo do YouTube tiver a opção de monetização ativada, você poderá anunciar nele. Caso digite uma palavra-chave na busca, como indicado na imagem abaixo,  já conseguirá ver um exemplo dos melhores canais para anunciar referente ao tema buscado.

Se quiser entender ainda mais sobre os tópicos acima, sugiro que você assista ao meu Curso Gratuito de Google Ads

No exemplo que estou criando, vou configurar para que o meu anúncio aparece em um só vídeo de uma pessoa no YouTube, como na imagem abaixo.

Analise a sua estratégia e os canais disponíveis. Anuncie naqueles que possuem maior relação com o seu público, para configurar a sua campanha.

CRIANDO ANÚNCIO DE VÍDEO

Agora vamos criar o pilar mais importante da campanha: o seu anúncio. 

Na seção Criando o seu anúncio de vídeo, você deve informar a URL do seu anúncio em video no YouTube. 

Isso significa, portanto, que você deverá fazer upload do seu anúncio no seu canal do YouTube para informar a URL ao Google Ads.

Ao fazer o upload, sugiro que deixe o anúncio não listado, assim o público do seu canal não conseguirá acessá-lo a não ser no formato de anúncio. 

DEFININDO O FORMATO DO ANÚNCIO

A seguir, escolha o formato do anúncio em vídeo. A própria plataforma oferece uma orientação nesse sentido. 

Essa escolha vai depender diretamente do objetivo que deseja alcançar e do tempo de duração do seu vídeo.

Assim que ela mostrar o que está disponível, considere as peculiaridades, características e as indicações de cada tipo de anúncio, levando em consideração os formatos já explicados anteriormente.

Dica: clique nas opções para visualizar na lateral do Google Ads como eles serão veiculados. Veja um exemplo na imagem abaixo: 

Depois de escolher o seu formato de anúncio, preencha informações como título e descrição do anúncio — caso o seu anúncio seja do tipo discovery. A descrição deve conter um CTA, ou seja, uma chamada para o usuário realizar uma ação, como no exemplo abaixo. 

Outro ponto importante é indicar a página de destino do seu anúncio. Ao definir o CTA, você precisa identificar uma URL de destino para os usuários. Para onde você quer levá-los? Para o seu canal do Youtube ou para uma página de exibição do vídeo no YouTube? 

Se você escolheu o formato in-stream, é necessário apenas indicar a URL final do anúncio e URL de visualização. Se desejar, você também pode fazer um upload de um banner ou gerar um automaticamente com os vídeos do seu canal. 

Escolha um nome para o seu anúncio e, depois, clique em Salvar e Continuar. 

Agora você já pode ver a sua campanha configurada no painel do Google Ads! 

DICA: INSIRA UM BOTÃO CALL-TO-ACTION NO SEU ANÚNCIO 

Para fechar com chave de ouro, vamos adicionar um botão com CTA no seu anúncio? Clique em Vídeo no menu lateral e, em seguida, clique em Editar call-to-action. 

Em seguida, defina o título do seu botão e a URL para onde ele será direcionado. Se desejar, você pode adicionar uma imagem e habilitar ou não para dispositivos móveis. 

Se quiser ver o resultado, basta clicar no anúncio. 

Pronto, agora você já sabe o passo a passo de como anunciar no YouTube.

COMO CRIAR ÓTIMOS ANÚNCIOS NO YOUTUBE?

Uma dica de ouro para criar ótimos anúncios no YouTube é: utilize muito bem os primeiros 5 segundos de vídeo. Eles são cruciais para você conseguir chamar atenção do espectador.

Vejo muitos anúncios que começam com propostas institucionais, falando sobre a empresa. Isso não prende a atenção do usuário.

Foque na dor da sua persona. Foque no que o seu produto ou serviço soluciona para o seu potencial cliente. Fale sobre isso nos primeiros 5 segundos de vídeo. Seja direto.

Isso facilita pessoas que têm interesse a assistir. Além de economizar com pessoas que não são seu público-alvo e que irão pular logo no começo, pois já entenderam do que se trata,

COMO CONFERIR O DESEMPENHO DOS MEUS ANÚNCIOS NO YOUTUBE?

O próprio YouTube disponibiliza diversos relatórios sobre as campanhas de vídeo.

Alguns dados que são muito relevantes e importantes de manter no radar são:

  • Taxa de cliques; 
  • Número de visualizações;
  • Taxa de engajamento
  • Custo médio por visualização;

A melhor forma de mensurar é entender qual o seu objetivo. Com essa informação, é possível definir quais são as métricas mais importantes para medir a performance das suas campanhas.

Com essa análise será possível entender qual está trazendo bons resultados e qual não estão. Desta forma, poderá ajustá-las e otimizá-las.

CONTINUAÇÃO DOS ESTUDOS: PRÓXIMOS PASSOS

CURSO DE GOOGLE ADS GRATUITO – NÍVEL BÁSICO

JORNADA GOOGLE ADS – CURSO DE GOOGLE ADS GRATUITO – NÍVEL INTERMEDIÁRIO 

 

Se tiver alguma dúvida durante o processo, deixe o seu comentário para que eu possa ajudá-lo, legal? Até o próximo artigo!

 

Adriano Gianini

Adriano Gianini

Adriano Gianini é um dos Maiores Especialistas e Produtores de Conteúdo sobre Google Ads no Brasil. Seu canal do YouTube oferece conteúdos gratuitos que têm ajudado milhares de pessoas a anunciarem no Google de forma inteligente. Acredita que Marketing é uma construção e que, por isso, toda empresa bem direcionada pode traçar uma estratégia de vendas campeã no Google.

Aprofunde seu conhecimento com os artigos abaixo:

Uma resposta para “YOUTUBE ADS: O QUE É E COMO ANUNCIAR NO YOUTUBE – PASSO A PASSO PARA CRIAR SEU ANÚNCIO”

  1. Olá Adriano. Tudo bem? Sou aluno do curso gratuito do ADS. Excelente. Parabéns. Participei da live de dúvidas e também foi muito bom. Criei minha primeira campanha de vídeo que está ativa até sexta em CPV máximo com CTA para a página de formulário. O que acontece é que vejo que (mesmo ainda em aprendizado) está tendo alguns cliques (conforme tabela do ADS) para a landing page e também vendo pelo Google Analytics confirmo que está tendo os acessos à esta página. Quando defini as conversões na ferramenta do ADS, criei uma que era justamente ir para a landing page (criei através do GTM conforme vi no seu vídeo). Ocorre que nas tabelas do ADS, o campo conversão aparece zerado, mesmo tendo os cliques pra landing page (quando vou nas ferramentas, na parte de conversões, aparece NENHUMA CONVERSÃO RECENTE). Minha dúvida é se fiz algo errado e, se sim, como solucionar. Quando abro no GTM pra verificar minha landing page, vejo que a TAG aparece na página certinho. Agradeço desde já Adriano. Em breve nos vemos no Máquina.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Mensagem enviada com sucesso!

Logo retornaremos o seu contato.